pocket show pocket show

Afinal, o que é Pocket Show?

4 minutos para ler

O pocket show é uma excelente oportunidade para músicos, artistas e até empresas se promoverem. O que torna o formato singular é a característica de exclusividade pelos ingressos limitados, já que tem foco em um público menor.

E menor também é a duração, porque o show é pensado especificamente para uma apresentação curta, na média de 40 minutos. A produção também costuma ser mais simples, podendo ser um show acústico ou com um número menor de músicos. E nem por isso deixa de ter relevância.

Quer saber qual é a vantagem para o artista, público e empresas? Nós explicamos!

Por que fazer um pocket show?

Para um artista, vale a pena criar um senso de urgência no público. O pocket show traz um valor de exclusividade que movimenta a fanbase, até porque costuma trazer aspectos diferentes de um show normal, transformando-se em um momento único, inesquecível e imperdível.

O público costuma se surpreender com uma sonoridade nova, já que muitos artistas dão uma roupagem diferente às músicas. Com um aspecto mais acústico, alguns fazem, inclusive, uso de bandas de jazz e blues.

Outra vantagem é que a apresentação pode servir como prévia para shows oficiais, sendo uma divulgação para eventos de formatos maiores. Funciona muito bem para bandas que ainda estão conquistando um lugar ao sol e a dica é realizar concursos e promoções exclusivas para o público. É possível até contar com parcerias de rádios e patrocinadores para divulgar o evento.

E, se faz sentido para os artistas se promoverem com essa tática, o que empresas têm a ver com isso? O pocket show pode ser uma ótima maneira de divulgar uma marca ao associar o nome a artistas conceituados. É uma forma indireta de marketing que dá resultados! Além disso, pode ser parte do marketing interno, como entretenimento para os colaboradores.

Como planejar o seu pocket show?

Não há muito segredo para montar um pocket show e pode ser até mais fácil do que planejar um show grande. As necessidades são semelhantes, mas mais simples. Basicamente, deve-se pensar na banda, equipe de montagem e um lugar apropriado para a apresentação.

Se você é uma empresa ou artista solo, vai precisar contratar uma banda profissional e realizar alguns ensaios. Faça uma pesquisa prévia, acompanhe shows e colete contatos para definir quem serão os músicos a se apresentarem em conjunto. Empresas podem considerar mais de um artista.

A equipe de montagem também é importante, porque ela vai garantir que os instrumentos estejam devidamente ajustados e ainda vai planejar a decoração e a iluminação do palco. Não é difícil encontrar uma equipe de qualidade, porque muitos lugares próprios para apresentações já fornecem o serviço ou fazem indicações.

O local, inclusive, é muito importante, porque determina o conforto para banda e público. É comum ver pocket shows em teatros, escolas e livrarias, pois são locais com tamanho adequado para receber o público. Mas o lugar ideal mesmo é um salão de festas, que é um pouco mais amplo e recebe um público maior, dando mais visibilidade para o evento.

Os salões têm ainda a vantagem de fornecer benefícios que garantem a qualidade desejada para o evento, como espaços para vender comidas e bebidas. Esse é o caso da ExC Rio, que conta com uma infraestrutura moderna com cozinha, ar-condicionado e estacionamento.

Quer saber mais sobre este tema?

Que tal planejar o seu pocket show na Exc Rio? Conheça o ExC Rio! Espaço de eventos no coração da Zona Sul do RJ!

Posts relacionados

Deixe uma resposta